Nomeados bispos para Grajaú e Rio de Janeiro

E-mail Imprimir PDF

Papa Francisco escolheu um bispo titular e dois auxiliares para Igrejas Particulares do Brasil

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou nesta quarta-feira, dia 07 de dezembro, que o papa Francisco acolheu o pedido de renúncia apresentado por dom Franco Cuter, por motivo de idade, conforme o cânon 401 §1 do Código de Direito Canônico, e nomeou para a diocese de Grajaú (MA) frei Rubival Cabral Britto. Também foram nomeados como auxiliares da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ) o monsenhor Joel Portella Amado e o padre Paulo Alves Romão.

Frei Rubival

Atualmente diretor do Colégio Paulo VI, na arquidiocese de Vitória da Conquista (BA) frei Rubival Cabral Britto, é natural de Jaguaquara (BA), nasceu em 21 de julho de 1969. Ingressou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos na província Bahia e Sergipe em janeiro de 1990. Sua profissão religiosa foi em 31 de janeiro de 1993. A ordenação presbiteral em 17 de dezembro de 2000.

Frei Rubival é doutorando em Ciências da Educação através do Instituto Internacional de Educação na Faculdade de Humanidades e Artes da Universidade Federal de Rosário, na Argentina. Em sua trajetória, atuou, entre outros ministérios, como coordenador da Animação Vocacional da Província Nossa Senhora da Piedade de Bahia e Sergipe; conselheiro provincial; presidente da Fundação Santo Antônio das Emissoras de Rádio e conselheiro da Conferência da Família Franciscana do Brasil.

Auxiliares

A nomeação de auxiliares para a arquidiocese do Rio de Janeiro deu-se após solicitação do arcebispo local, cardeal Orani João Tempesta. Monsenhor Joel Portella Amado é o atual pároco da catedral de São Sebastião, na cidade do Rio de Janeiro. Ele foi nomeado titular de “Carmeiano”. Padre Paulo Alves Romão atua como pároco da paróquia Bom Pastor, na mesma arquidiocese. Foi nomeado bispo titular de “Calama”.

Monsenhor Joel Portella pertence ao clero da arquidiocese do Rio de Janeiro. É carioca, nascido em 2 de outubro de 1954. Sua ordenação sacerdotal foi em 12 de outubro de 1982. No âmbito da arquidiocese, já exerceu as funções de vigário forâneo, membro do Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores. Também foi membro do Instituto Nacional de Pastoral e membro da equipe de reflexão teológico-pastoral do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam). Foi nomeado capelão do papa Bento XVI. O novo auxiliar tem graduação em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, além de graduação e mestrado em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Padre Paulo Alves Romão nasceu em 6 de abril de 1964, em Barra do Jacaré (PR). Foi ordenado sacerdote em 28 de junho de 1997, no Rio de Janeiro. Na arquidiocese, já atuou como diretor espiritual do Seminário Arquidiocesano; professor do Instituto Superior de Teologia e da PUC-Rio; responsável pela Pastoral da Educação e diretor espiritual do Seminário Propedêutico Rainha dos Apóstolos. É mestre e doutor em Teologia sistemática pastor.

Fonte: CNBB

Revista Digital

<div id="opt_1"></div>

Semana Nacional da Vida - 2017

Banner